Prefeito de Peruíbe reduz o salário dele e anuncia novas medidas para enfrentar a pandemia | Santos e Região

    0
    71

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    O prefeito de Peruíbe, no litoral de São Paulo, anunciou nesta quarta-feira (22), um novo pacote de medidas na área administrativa, econômico e social para auxiliar no combate à pandemia causada pelo novo coronavírus. Entre as medidas, está a redução do salário dele, do vice-prefeito e de todos os secretários municipais em 30% durante o período de pandemia.

    De acordo com o prefeito Luiz Mauricio (PSDB), o controle rígido nas despesas e a maior assistência a população fazem parte do novo pacote de medidas adotadas no combate à doença em Peruíbe. Além dos cortes, a prefeitura anunciou gratificação no salário dos profissionais que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus.

    Confira as novas medidas administrativas:

    • Planejamento financeiro para fluxo de caixa e prioridades nas despesas relacionadas ao novo coronavírus
    • Cortes e congelamentos de despesas não relacionadas aos serviços essenciais
    • Concessão de férias e licenças prêmios a todos os servidores (que atendam os requisitos), cujas atividades não se classifiquem como essenciais
    • Adiamento do pagamento de 1/3 do abono de férias para dezembro (junto com a segunda parcela do décimo terceiro)
    • Proibição de servidores trabalharem em situação de gerar horas extras, exceto nos serviços essenciais, devidamente justificado
    • Gratificação de 30% para profissionais que atuam diretamente ao combate ao novo coronavírus
    • Hospedagem aos profissionais da saúde lotados no atendimento ao novo coronavírus
    • Suspensão de novos ajuizamentos de execuções fiscais
    • Suspensão de pedidos de bloqueio online nas execuções fiscais

    Confira as novas medidas econômicas:

    • Suspensão de 30% no subsídio do prefeito, do vice-prefeito e dos secretários municipais
    • Redução de 15% dos cargos comissionados ocupados
    • Suspensão das comissões de 20%, exceto as definidas em Lei
    • Suspensão dos serviços prestados pelas Organizações Sociais da Sociedade Civil com a consequente suspensão do repasse do valor previsto nos termos de colaboração e fomento firmados com as mesmas para execução de serviços no exercício de 2020, exceto os termos firmados com as entidades responsáveis pelos serviços de abrigamento institucional
    • Suspensão dos programas “Mais oportunidades” e “Bolsa Incentivo à Banda”
    • Suspensão de todos os contratos com o CIEE dos estagiários da educação e de áreas não essenciais
    • Suspensão dos contratos e serviços não essenciais e renegociações de contratos

    Confira as novas medidas sociais:

    • Fornecimento de cestas básicas a 100% dos 8.400 alunos da rede municipal de educação
    • Fornecimento de cestas básicas pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social para famílias com vulnerabilidade social



    Fonte