Quais os principais cuidados ao realizar a drenagem linfática manual pós abdominoplastia?

0
80

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Resposta:

No mínimo devem ser feitas dez sessões de drenagem linfática, podendo chegar a trinta sessões o tratamento total, sempre em dias alternados e cada sessão deve durar cerca de uma hora.

Explicação:

 A drenagem linfática é uma técnica de compressão feita de forma manual ou com o auxílio de aparelhos para ajudar o sistema linfático a drenar a água parada (linfa) entre os tecidos. Normalmente é necessária quando essa compressão não é espontânea ou acontece de forma insuficiente

Durante o pós-operatório de uma cirurgia plástica é importante tratar o inchaço e os hematomas que podem surgir. Dependendo do procedimento realizado, o corpo pode acumular maior quantidade de líquido do que está apto a drenar. Assim, surge um inchaço próximo à região operada. Além de combater esse acúmulo de líquido, fazer drenagem linfática após a cirurgia plástica também ajuda na recuperação e ainda melhora a circulação sanguínea, diminuindo as dores e facilitando a cicatrização da área.

Antes de começar a fazer drenagem linfática no pós-operatório da cirurgia plástica, é importante conversar com seu cirurgião plástico. Normalmente, ela é indicada para pessoas que realizaram uma lipoaspiração, abdominoplastia, mamoplastia de aumento e ritidoplastia (lifting facial). Outro ponto importante a ser conversado com o especialista é quando iniciar o tratamento e quantas sessões são indicadas. Em alguns casos, o paciente, primeiro, deve passar por um período de repouso para, depois, começar a frequentar as sessões de drenagem linfática.



Fonte