Quais os principais cuidados após uma cirurgia plástica de abdominoplastia?

0
28

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A abdominoplastia é indicada sempre que o paciente apresenta um grau de flacidez de pele importante na região abdominal, isso acontece principalmente após gestações, após períodos de obesidade ou pelo próprio envelhecimento cutâneo.

Sendo uma cirurgia plástica que retira determinada quantidade de pele e gordura, evidentemente haverá uma redução no peso corporal, que varia de acordo com o volume do abdome que é possível retirar de cada paciente. Não são, entretanto, os “quilos” retirados que definirão o resultado estético, mas sim as proporções que o abdome mantenha com o restante do tronco e os membros. Sendo assim, quanto mais emagrecer para essa cirurgia plástica, melhor é o resultado.

A cicatriz resultante de uma abdominoplastia localiza-se logo acima dos pelos pubianos, prolongando-se lateralmente em maior ou menor extensão, dependendo do volume do abdome a ser corrigido.

Esta cicatriz é planejada para ficar escondida sob as roupas de banho e passará por vários períodos de evolução até a melhora da sua aparência. O seu próprio umbigo será remodelado na pele esticada do abdome, e sofrerá a mesma evolução da cicatrização.

Vista a malha pós-operatória por um tempo aproximado de 30 dias. A principal observação é que a malha não pode fazer dobras de forma a marcar profundamente a pele do abdome, fato que se prolongado pode deixar marcas definitiva. Para evitar isso, existem protetores que evitam que as dobras ocorram.

Nas primeiras 24 horas em casa, você deve ter alguém ao seu lado sempre que for levantar pelo risco de apresentar queda da pressão sanguínea e consequentemente tontura e desmaio.

As roupas pessoais utilizadas não podem apertar demais a região tratada por pelo menos 3 meses pelas mesmas razões de não deixar marcas permanentes, cuidado com as calças jeans.

Lembre-se que o período de recuperação não significa ficar de repouso na cama, você deve se levantar e caminhar dentro de casa várias vezes, fazer as refeições fora da cama e nunca esqueça de manter as pernas elevadas sempre que sentada ou deitada (fundamental para evitar trombose nas pernas e consequentemente embolia).

Prefira alimentos de fácil digestão e que estimulem o funcionamento intestinal, nada de refrigerantes, bebidas alcoólicas ou gaseificadas. Caso o intestino não funcione diariamente, pode tomar laxantes comuns se necessário.

É importante evitar o aumento de peso e manter os cuidados com o corpo. A prática de exercício físico é crucial para evitar que as “gordurinhas” voltem, de forma a não comprometer o novo contorno adquirido na cirurgia plástica.

Caso você se sentir tão bem a ponto de esquecer-se de que foi operada recentemente. Cuidado! Esta euforia pode levá-la a fazer esforços prematuros, o que poderá resultar em certos transtornos.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)



Fonte