Quando Posso Engravidar Após a Mamoplastia

0
7

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Mamoplastia é o nome dado a qualquer cirurgia plástica nas mamas. A mamoplastia redutora é o nome técnico para a cirurgia de redução dos seios que consiste na redução e remodelamento das mamas através de técnicas de cirurgia plástica. Quando não realizamos a redução da mama, mas sim o seu levantamento, chamamos a cirurgia de mastopexia, que pode ser associada ou não ao uso de implantes de silicone. Quando realizamos o aumento das mamas através da colocação de implante de silicone estamos realizando uma mamoplastia de aumento.

Quando Posso Engravidar Após a Mamoplastia

A cirurgia plástica das mamas, é planejada de acordo com o exame físico realizado na época da cirurgia, logo, qualquer alteração de peso mais importante pode alterar o resultado obtido com o procedimento. Do mesmo modo, não é aconselhado engravidar logo após a mamoplastia, já que as mamas sofrerão alterações próprias da gestação, também podendo comprometer os resultados obtidos com a cirurgia. Quanto mais tempo esperar após uma cirurgia nas mamas para engravidar melhor, sendo o ideal esperar pelo menos seis meses para que o processo de cicatrização já esteja avançado.

É mais comum que as mulheres procurem a mamoplastia para corrigir o aspecto de seus seios após a amamentação, já que a mama tende ficar mais flácida e caída. Isto ocorre principalmente devido a atrofia mamária pós gestacional. A mama, estimulada por hormônios, aumenta e estica a pele que pode não retrair após o fim da gestação; ficando as mamas mais flácidas e caídas. Quanto mais tempo passar após o fim da amamentação, melhor será o planejamento cirúrgico.

Mamoplastia Redutora / Mastopexia e Amamentação

Poderá haver redução e até mesmo impossibilidade de lactação em caso de uma gestação futura após a mamoplastia redutora. Quanto maior as mamas na época da cirurgia, maior é a chance de haver dificuldade na amamentação. A lesão e a consequente cicatrização dos ductos mamários (estrutura que leva o leite até o mamilo) é o principal fator que prejudicara a amamentação.

Prótese de Silicone e Amamentação

Independente se colocada atrás da glândula (retroglandular) ou atrás do músculo (retromuscular/ dual-plane), a cirurgia de prótese de silicone não interfere na lactação e nem na fisiologia da glândula mamária. Logo, se você engravidar após a cirurgia você poderá amamentar normalmente, desde que tenha os estímulos hormonais da lactação normais. Se você tem prótese de silicone e não consegue amamentar, provavelmente isto está relacionado a outros fatores e não à presença da prótese.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda