Sexo Celebração – Revista Nove

0
169

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Na intimidade, o sexo se faz presente em todos as épocas e culturas, nas comemorações, tais como bodas, aniversários do casal ou do relacionamento, dia dos namorados, ano novo, feriados, férias, novo emprego, promoção, conquistas, reconciliações, etc., o sexo, como fonte de prazer, combina praticamente com tudo e com todos.

Além de perpetuar a espécie, o sexo é uma importante fonte de deleite da humanidade e ainda proporciona benesses para o corpo e para a mente.
Independente do tipo de relacionamento e da frequência, a experiência sexual com qualidade, desde um beijo mais intenso até a relação sexual, produz um estado de bem-estar físico e psíquico, facilmente perceptível no bom humor no dia seguinte. 

Nos relacionamentos em que a ternura e a amorosidade estão presentes, o sexo fortalece os laços afetivos, e a relação sexual atua de forma terapêutica melhorando a conexão entre o casal.

Mas enquanto muitas pessoas encontram felicidade e prazer no “Sexo Celebração”, outras podem apresentar ansiedade e angústia, principalmente aquelas que se sentem inseguras em relação à sua sexualidade. Cada data comemorativa é recebida com sofrimento, pois, apesar de desejarem, sentem medo de falhar sexualmente e desapontar a parceria.

A ansiedade de desempenho sexual, o medo de fracassar, pode atingir ambos os sexos, mas, geralmente, na nossa experiência clínica, são os homens os mais afetados por essa insegurança, frequentemente o medo reside em não conseguir obter ou manter a ereção peniana para o coito.

De forma equivocada, a estratégia mais utilizada pela parceria, quando ocorre uma dificuldade de excitação, é o aumento dos estímulos na região genital, atitude esta que raramente tem sucesso devido à ansiedade que inibe a excitação. A frustração decorrente do insucesso sexual pode levar a sentimentos de rejeição, raiva e desarmonia entre o casal.

A resposta sexual de excitação promove no corpo a ereção do pênis e a intensa lubrificação na vagina, que são sinais da conexão com o prazer erótico. Sem relaxamento psicofísico não há possibilidade de conexão com as sensações eróticas e, portanto, a excitação não acontece, pois a ereção e a lubrificação são o resultado do prazer que a pessoa está sentindo. 

Coração disparado, mãos frias, respiração rápida e sudorese são sinais da ansiedade de desempenho, principal interferência na conexão com o prazer.

Para se desfrutar do ‘Sexo Celebração’ faz-se necessário desconstruir o ‘Sexo Obrigação’ e, para isso, intimidade é fundamental… e intimidade é poder dizer como se sente, não se sentir obrigada(o) a nada, é ser livre para dizer que quer celebrar de outro jeito, que precisa de tempo ou mais preliminares ou simplesmente que quer ver um filme abraçadinho.

A expressão emocional e a liberdade são ingredientes fundamentais para o exercício de uma sexualidade saudável e vibrante em celebração à vida!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda