Siamesas unidas pela cabeça são separadas em Bangladesh

0
156

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

(Arquivo) As siamesas bengalesas Rabeya e Rukaya, em Budapeste – ADPF/AFP/Arquivos

Duas gêmeas siamesas de Bangladesh unidas pela cabeça foram separadas, nesta sexta-feira, em Daca, após uma longa intervenção cirúrgica, anunciaram os médicos húngaros que as operaram no âmbito de um projeto humanitário.

As duas garotas estão em “estado estável após a separação final”, que durou cerca de trinta horas e mobilizou uma equipe de 35 especialistas húngaros, indicou à AFP o neurocirurgião Andras Csokay.

“Ainda precisamos ser cautelosos na fase pós-operatória”, acrescentou o médico, que dirige a operação da ONG húngara Fundação Ação para Pessoas sem Defesa (ADPF).

Rabeya e Rukaya, de três anos de idade, nasceram com seus crânios unidos no alto, uma malformação muito rara que na maioria dos casos leva à morte precoce de recém-nascidos. Apenas poucas operações desse tipo foram bem-sucedidas até o momento.

“Era uma das malformações mais importantes e mais complicadas que já vi na vida”, confessou Gergely Pataki, encarregado da cirurgia plástica.

A operação foi realizada no hospital militar de Daca, onde o pai das gêmeas, Rafiqoul Islam, não escondia sua felicidade.

“Os médicos separaram meus bebês. Eu as vi com meus próprios olhos. Elas estão bem agora”, disse ele.

“Espero que minhas filhas se restabeleçam completamente e possam levar uma vida normal”, acrescentou. pmu/phs/lch/mar/es/mr




Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda