Solange Almeida mostra antes e depois de cirurgia bariátrica

0
108

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Em publicação com fotos de antes e depois da cirurgia bariátrica que fez em 2008, Solange Almeida fez um desabafo emocionante nas redes sociais. A cantora relembrou a gordofobia que sofria antes do procedimento e emocionou os fãs.

“Há 12 anos fiz a escolha que mudou a minha vida. Foi fácil? Não! E continua não sendo até hoje, mas eu faria tudo exatamente igual. Ao contrário do que muita gente imagina, fiz o procedimento por melhorias de saúde. A estética foi consequência”, começou dizendo Solange.

Citando que a mudança gerou comentários negativos, a cantora se defendeu. “Quanta ignorância! É muito fácil falar de uma realidade que não é a sua! Quantas pessoas não conseguem emprego porque estão acima do peso? Eu mesma passei uma eternidade precisando trabalhar e levando ‘nãos'”, disse.

Ha 12 anos fiz a escolha que mudou a minha vida. Foi fácil? Não! E continua não sendo até hoje, mas eu faria tudo exatamente igual. Ao contrário do que muita gente imagina, fiz o procedimento por melhorias de saúde. A estética foi consequencia. De lá pra cá mudei tanto por fora quanto por dentro e isso me fez um bem danado. Algumas pessoas remetem essa mudança ao dinheiro, que com ele tudo é mais fácil. Já ouvi e li muitos comentários que diziam “O que o dinheiro não fizer, ninguém mais fará!” Ou “Não existe mulher feia, existe mulher sem dinheiro!”. Quanta ignorância!! É muito fácil falar de uma realidade que não é a sua!! Quantas pessoas não conseguem emprego porque estão acima do peso? Eu mesma passei uma eternidade precisando trabalhar e levando “nãos”!, como se um obeso seja menos incapaz que qualquer outra pessoa!! O problema é que ninguém é gordo pq quer, ou pq é engraçado ou é “fofinho “. Infelizmente Obesidade é doença e a somente a redução não é a solução, como muita gente acha!! Ela é a porta de entrada. Depois vem a reeducação e o restante do processo depende única e exclusivamente da pessoa. Sabe, o maior orgulho que carrego nem é tanto ser quem me tornei, aonde cheguei mas a mulher que incentivou dezenas de pessoas a perder peso, independente de cirurgia ou não. Perdi a conta de quantas pessoas já topei em aeroportos, recebi em camarins e encontrei na rua dizendo que perderam o medo e mudaram a vida porque eu incentivei. Eu quero mais o que dessa vida minha gente? Se ame do jeito que vc é! Mas se cuide!! Seja o amor de sua vida. #oamordaminhavidasoueu #bariatrica #reducaodeestomago #solangealmeida #vemcomadona .

Uma publicação compartilhada por Solange Almeida (@solangealmeida) em

Por fim, Solange afirmou se sentir um exemplo para que outras pessoas também cuidem da saúde. “Se ame do jeito que você é! Mas se cuide! Seja o amor de sua vida”, finalizou.

Entre os comentários da publicação feita no Instagram, Luiza Possi disse: “Linda, linda”. Já a ex-BBB Patricia Leitte escreveu: “Você é inspiração pra todos”.

Confira o texto de Solange Almeida na íntegra:

Há 12 anos fiz a escolha que mudou a minha vida. Foi fácil? Não! E continua não sendo até hoje, mas eu faria tudo exatamente igual. Ao contrário do que muita gente imagina, fiz o procedimento por melhorias de saúde. A estética foi consequência.
De lá pra cá, mudei tanto por fora quanto por dentro e isso me fez um bem danado.
Algumas pessoas remetem essa mudança ao dinheiro, que com ele tudo é mais fácil. Já ouvi e li muitos comentários que diziam ‘O que o dinheiro não fizer, ninguém mais fará!’ ou ‘Não existe mulher feia, existe mulher sem dinheiro!’.
Quanta ignorância! É muito fácil falar de uma realidade que não é a sua! Quantas pessoas não conseguem emprego porque estão acima do peso? Eu mesma passei uma eternidade precisando trabalhar e levando ‘nãos’, como se um obeso seja mais incapaz que qualquer outra pessoa!
O problema é que ninguém é gordo porque quer, ou porque é engraçado ou é ‘fofinho’.
Infelizmente Obesidade é doença e somente a redução não é a solução, como muita gente acha! Ela é a porta de entrada. Depois vem a reeducação e o restante do processo depende única e exclusivamente da pessoa.
Sabe, o maior orgulho que carrego nem é tanto ser quem me tornei, onde cheguei, mas a mulher que incentivou dezenas de pessoas a perder peso, independente de cirurgia ou não.
Perdi a conta de quantas pessoas já topei em aeroportos, recebi em camarins e encontrei na rua dizendo que perderam o medo e mudaram a vida porque eu incentivei. Eu quero mais o que dessa vida minha gente? Se ame do jeito que você é! Mas se cuide! Seja o amor de sua vida.



Fonte