Thais Braz desabafa sobre as transformações em seu corpo após o BBB

0
22

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A ex-BBB Thais Braz, de 28 anos de idade, usou as suas redes sociais para falar sobre as alterações do seu corpo após a sua participação no reality show do BBB. Por meio de seus stories, a cirurgiã-dentista desabafou e disse que chegou a emagrecer por causa das crises de ansiedade.

“Saí do BBB pesando 53 quilos. Agora estou pesando 49 quilos. Várias coisas interferiram, inclusive as minhas crises de ansiedade que tenho e ninguém sabe. Estou fazendo tratamento para ganhar meus quilos de volta”, relatou ela.

Já na sexta-feira (29), após ser questionada se tinha passado por algum procedimento estético, a ex-BBB negou ter feito bichectomia: “Gente, eu não fiz bichectomia. Meu rosto sempre foi marcado. E meu rosto é assim, quando estou magra, ele suga muito. Quando engordo um pouquinho, ele já fica redondinho, porque tenho bochechão. Tem gente que quando engorda um pouquinho, aumenta o quadril, aumenta o bumbum. Eu não”, disse ela.

“Continuo a mesma coisa. O termômetro para saber se engordei é o meu rosto. E outra coisa, não fiz harmonização facil. Só coloquei preenchimento na boca e quando você coloca, ele fica um pouco inchado no dia e depois ele fica normal. Eu não teria problema nenhum de falar se eu tivesse feito. E eu não fiz porque não tive vontade, só tive vontade de fazer um pouco de boca que eu gosto”, esclareceu.

Falta de empatia

Vale recordar que, recentemente Thais Braz concedeu uma entrevista para a revista Quem e desabafou sobre a falta de empatia do público em relação a sua participação no Big Brother Brasil.

“Fiquei um pouco triste por faltar empatia das pessoas. Ninguém viu isso como um problema. É um problema. Isso me deixa triste. Eu mesma me fiz pressão quanto a isso. Eu fui corajosa de ir. Nunca tinha me colocado em situações que tinha que falar em público. Eu sempre gostei de foto e produção, mas nunca chegava na câmera e falava. Aquilo ali foi uma coisa muito nova para mim. Eu não sabia como ia reagir”, falou ela. 

“Fiquei triste das pessoas serem tão malvadas com isso. É só um jeito de falar que é consequência do meu nervosismo, da minha insegurança. Falavam: ‘Aprenda a falar’. E começaram a generalizar a minha vida inteira. Só porque eu não consegui ser firme no ao vivo e clara nas ideias, me chamaram de burra. Perguntaram como me formei. Isso me machuca. Estou lutando atrás dos meus sonhos, uma coisa que sou é corajosa”, disse ela. 



Fonte