Vídeo mostra jovem matando a própria mãe no litoral de São Paulo | Santos e Região

    0
    7

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Imagens obtidas pelo G1 nesta quarta-feira (2), mostram o momento em que Márcia Lanzane, de 44 anos, é morta pelo próprio filho dentro da casa onde morava em Guarujá, no litoral de São Paulo. As imagens do circuito interno de segurança do imóvel foram encontradas dentro do forno do fogão. A Polícia Civil investiga o caso.

    O vídeo, divulgado e editado pela Polícia Civil, foi gravado no dia 21 de dezembro de 2020 na residência da família, localizada no bairro Sítio Cachoeirinha. Nas imagens, é possível ver o rapaz andando pela casa e entrando em um dos cômodos. Ele fecha a porta e, depois de quase duas horas, abre novamente.

    Às 21h17, mãe e filho aparecem na porta e, segundos depois, entram em luta corporal. Os dois caem no chão e o jovem fica em cima da mãe. Ele prende ela pelo pescoço e, logo em seguida, começa a dar socos nela.

    As imagens ainda mostram o suspeito conferindo se a mãe tem batimentos cardíacos. Após o crime, o jovem sai do quarto e segue para a sala, onde continua vendo televisão. Na manhã seguinte, ele ainda sai de casa, supostamente para ir a academia, e retorna.

    Atenção: imagem forte — Foto: G1

    Mulher foi morta dentro de residência em Guarujá (SP) — Foto: Reprodução

    Na época do crime, familiares relataram à reportagem que jovem teria ligado para amigos, desesperado, e acionado a polícia, afirmando que encontrou a mãe morta em casa. Segundo a Polícia Civil, o primo da vítima disse relatou que o jovem contou à ele que saiu de casa pela manhã para treinar e, quando retornou, encontrou a mãe caída no quarto dele, aparentemente sem vida.

    De acordo com a polícia, o jovem não teria contado nada sobre o envolvimento dele na morte da mãe. Na ocasião, o filho da vítima foi ouvido e liberado.

    Segundo as autoridades informaram ao G1, após ser questionado pelos policiais, ele confessou que teria sido uma morte acidental após empurrá-la durante uma discussão. Segundo ele, Márcia teria caído e batido a cabeça.

    O caso foi registrado como morte suspeita pela Delegacia Sede de Guarujá, que investiga o caso.

    Segundo a polícia, após suspeitas do filho, as equipes o questionaram e ele assumiu que teria a empurrado em um discussão e que ela morreu acidentalmente — Foto: Reprodução/Facebook

    Nas redes sociais, familiares e amigos de Márcia lamentaram o ocorrido. A irmã dele chegou a publicar que a família estava ‘estraçalhada’ com a notícia da morte de Marcia. O pai do jovem, Joel Eustáquio Vieira relatou que, devido ao ocorrido, familiares não comemorariam o Natal naquele ano.

    VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos



    Fonte