Você sabia que é possível viver sem o mofo? | Especial Publicitário SUPERSAN LITORAL SUL

    0
    9

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Muitas pessoas ainda acreditam que o mofo é inofensivo. Isso, porque esses fungos são vistos, em grande parte das vezes, apenas como causadores de manchas nas paredes e mobílias, quando na verdade são ainda mais perigosos. São responsáveis pelo bolor nos alimentos e pelo forte “cheiro de guardado”, que podem levar ao surgimento de doenças graves e até mesmo internações hospitalares.

    A experiência da economista Marina Jordão mostra as consequências diretas do contato com o micro-organismo nocivo. “Moro na África e durante as férias, fui visitar minha mãe no Brasil. Ao chegar no apartamento alugado, comecei a passar mal. Tentei tomar medicamentos para sinusite e rinite, mas não teve jeito. Precisei ir ao hospital. Descobri que o motivo do meu mal-estar era a quantidade de mofo “, explica.

    O odor forte é extremamente comum em locais que ficam fechados por muito tempo, sem circulação de ar ou incidência de luz, o que estimula a ação fúngica nas superfícies do ambiente. Porém, isso não abrange apenas os locais abandonados ou com movimentação apenas em períodos específicos (como em época de férias ou feriados).

    Mesmo casas usadas frequentemente são alvos dos microrganismos, se retiverem a umidade, o que favorece o crescimento dos fungos. Moradores com o costume de manter as janelas fechadas, sem permitir a entrada de luz e vento, podem estar vivendo em meio ao mofo.

    A boa notícia é que, segundo Karina Fortes, responsável técnica da SuperSAN Litoral Sul, não é preciso viver com este mal. A sanitização de ambientes é uma solução eficaz para tornar ambientes internos seguros novamente. “Basicamente, é um procedimento que visa combater e eliminar fungos, ácaros, vírus e bactérias. Para isso, usamos equipamentos de última geração para nebulizar o produto sanitizante, de maneira que crie uma película protetora”, explicou.

    De acordo com ela, a sanitização de ambientes realizada pela SuperSAN garante proteção a longo prazo com 99,9% de eficácia comprovada através de laudos laboratoriais nacionais e internacionais. “Graças à forma de aplicação, o procedimento atribui ao espaço o que chamamos de ação estática. A ‘nuvem’ criada pelos equipamentos paira sob as superfícies durante 3 meses, em média”, adiciona Karina.

    No entanto, a eficiência e durabilidade não são os únicos atrativos da solução. Fortes aponta que o procedimento é extremamente seguro e não deixa vestígios. Sem odores e manchas, nem efeitos colaterais a humanos, animais ou meio ambiente.

    O procedimento pode ser realizado em:

    •Residências;
    •Escritórios;
    •Instituições de ensino;
    •Academias;
    •Hotéis;
    •Industria alimentícia;
    •Salão de beleza;
    •Veículos.

    SUPERSAN LITORAL SUL -12.11

    Surgimento de micoses e alergias são o principal perigo de viver com mofo

    Existem várias doenças causadas por fungos, mas as micoses e alergias respiratórias estão entre as principais.

    Pessoas com imunidade baixa, seja por doenças prévias ou fatores como estresse e tabagismo, são altamente prováveis de serem contaminadas pelos microrganismos, principalmente em ambientes fechados. Sendo assim, Karina reforça que a sanitização deve ser feita como uma medida de segurança, tanto em casa, como em outros ambientes com movimentação.

    O produto usado na sanitização de ambientes é inofensivo para seres humanos e animais. — Foto: SuperSAN Litoral Sul

    A saúde não é a única afetada pelo mofo, pertences pessoais também são

    Ambientes impregnados com um cheiro forte e desagradável, muitas vezes designado como “cheirinho de guardado” é o principal indício da presença de mofo em um ambiente.

    As consequências são graves. Além do incômodo provocado e das doenças causadas, é importante ter em mente que o mofo ataca quaisquer superfícies que tenha contato. Seja a quina da mesa do escritório ou os sapatos sociais guardados no fundo do seu armário.

    Não combater significa permitir que a casa e os pertences sejam lesados. Dependendo do grau, roupas, sapatos e mobílias mofados não têm mais salvação.

    Sanitização de ambientes elimina até 99,9% dos microrganismos nocivos

    Levando em consideração que ambientes internos podem ser até 100 vezes mais poluídos que os externos, causando aproximadamente 2 milhões de óbitos mundiais, essa solução de desinfecção interna pode ser considerada fundamental, segundo Karina.

    Nas mãos de uma empresa de confiança, a sanitização de ambientes pode atuar com 99,9% de eficácia no combate simultâneo a não apenas fungos, como também vírus, ácaros e bactérias de espaços fechados.

    No caso da SuperSAN, Karina afirma que há laudos nacionais e internacionais de laboratórios independentes que comprovam a competência do método na eliminação de inimigos invisíveis que os produtos de limpeza tradicionais não conseguem combater.

    Há mais de 20 anos, a SuperSAN oferece sanitização de ambientes em Santos, entre outros municípios do Litoral Sul. Com um sistema de eficácia atestada por laboratórios credenciados pela ANVISA, bem como produtos aprovados pela instituição, o sistema da empresa garante segurança sem efeitos adversos.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda